segunda-feira, 6 de julho de 2009

Everland



Negro querubim que a todos queria bem. Sente pelas cintas as primeiras notas, as espinhas do trauma para que se fizesse a trama, os espinhos da alma que sustentavam o drama, as faces das fivelas e dos amigos imaginários, originários de onde se podia andar na lua, dançar na rua e estar sempre no nunca.
Clipe, cena, filme, coro, coreografia... Tudo... Um semi artesanato de um artista nato, quase encomendado, recomendado. Cliques em sua sina, firmes, na cara, e o que o coração grafaria para os seus infantes o deixaria diante de uma infantaria, de gênio para androgenia, para uma década de decadência.


Mas era ele a quebrar os protocolos, pisar nos calos em grandiosa escala, quando compunha para as campanhas, solidário, ainda que solitário, sem solidez, para que se confunda aí o gentlemen e a dama; o adulto e a criança; a mágica música e a dança; a pele negra ou a branca, para o estilo que funda e difunde, e desfraciona, e funciona fácil a cada uma de sua facetas.
Fantástica beleza plástica de seus passos de Astaire e o descompasso do rosto para apenas um rastro do astro. Desafia a gravidade na luz e no blecaute, e vai a nocaute diante desses monstros de quarenta olhos, que se mostram como mortos em disfarce, sem segunda chance diante de holofotes para elefantes.



Fez, ao certo, até uma pessoa surda dançar sua música. Deficiente? Eficiente? Ciente do que sente: dom! Don't... Doesn't matter... Eles não se importam, eles só reportam do que o coração faz porto.

E nós? Nós somos o mundo: que te condena, que te rotula e te idolatra, culpados ou inocentes, ainda somos aquelas mesmas crianças da canção, sem esboçar ação, o velando em Everland. Negro querubim, que viveu na Terra do Nunca, se vai para que se lembre que viverá eternamente na Terra do Sempre.

54 comentários:

Renatta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lívia Lunardi disse...

Maravilhoso.
Realmente, ele não vai nos deixar assim facilmente.
Sua arte permanecerá, encantando muitas gerações ainda, tenho certeza disso.

Fantástico Rei de Pop.
Pra sempre Michael.

Rogerio Martins disse...

Bela homenagem ao artista, pois o homem por detrás do astro foi uma pessoa complexa, perturbada e repleta de problemas.

Sorte dele que o artista sempre foi maior...

FaceNoturna disse...

Maravilhoso, um Homem sofrido, mas em suas músicas e danças fazia sua felicidade e também ao próximo, agora eterno.

Pois quando aqui, passageiro, quando se vai o ser humano percebe que és eterno.

facenoturna disse...

Tudo o que ele deixou nunca vai morrer. Um gênio incompreedido. Uma incógnita. Um menino. Ele sempre estará na Terra do Nunca. Sei que foi pra lá que ele foi, e para sempre.

Lindo seu blog.

bjo

Nathália disse...

belíssimo texto! fiquei impressionada com suas rimas e trocadilhos!

Michael deixará eternas saudades!

Igor Pinheiro disse...

Bem bacana a homenagem. Tem um pessoal falando que ele não vai fazer falta, mas é óbvio q vai. Parabéns mesmo, escreve muito bem!

Marton Olympio disse...

Mas não sei se ele quebrou paradigmas ou sucumbiu ao status quo.

E foi clareando até desaparecer...

http://martonolympio.blogspot.com/

Nicke disse...

Demais o post :)
MJ (eterno)

Beijos,

Inez disse...

Seu texto me emocionou, é lindo demais, descreveu uma vida de um astro eterno.
Que na outra dimensão ele encontre a paz que não teve aqui na terra.

Rômulo disse...

Realmente tu conseguiste fazer um belo poema, é só montar.
Cheguei a sonhar com Michael Jackson com tanta mídia encima, mas realmente o admirava.

Dayane Pereira disse...

Eu preciso falar que me emocionei com seu texto. fant´stico, sem brincadeira. O seu jogo de palavras é fodastico, eu ameei. Que cara talentoso, dificil encontrar. Parabéns, sucesso pra ti.

Gustavo Hermes Soares disse...

Que texto BOM...
bom de se ler, sabe?
uma beleza!

Não fui um grande fã de MJ, mas gosto das suas músicas.
Acho que o artista que havia morrido nele estava tentando renascer... pena que não deu tempo.


Só pra avisar: sou teu mais novo seguidor! \o

Junior São Gonçalo disse...

A Obra é imortal!

Beleza meu camarada!
Volto mais vezes.
Abs

Junior

Canto do Lufa disse...

Isso pode virar música

Ou pelo menos parte disso!

Muito bom

Kelly Christi disse...

Inevitável não falar dele, né? nem eu mesma resisti, em meu blog...rsrs
E do jeito que a música pop anda, será difícil que apareça um novo michael...

bjitos, gostei do seu blog viu?

fuiz

to te seguindo

Antonoly disse...

Muito bom cara, bela homenagem!!!

Letícia Castro disse...

Ave, você manda muito bem, Alan. Parece prosa, mas é poesia da mais pura e gostei do encadeamento e do jogo das palavras. Isso aqui é lindo: "s espinhas do trauma para que se fizesse a trama".

É, o negro querubim se foi, mas fica o legado plagado en nuestras venas. ; )

Vc já conhece o BABEL.com? Seria um prazer ter vc por lá e gostaria de te convidar a distribuir essas poesias lindas na Linklândia, que é o nosso agregador de notícias, novinho em folha, e que prima pela qualidade. Acho que vc vai gostar e fico te esperando, tá bom?

Agora, vou me deliciar com outras poesias por aqui.

Beijos e parabéns!

Letícia.

http://babelpontocom.blogspot.com

http://www.linklandia.com

fabriciobezerradaguia disse...

que homenagem boa a o Michael,parabens

Andréa Mota disse...

vez ou outra estaciono nas tuas vírgulas. elas me remetem cenas a muito visitadas.

entretanto, tuas linhas acabam por me aconchegar de singularidade, unidade. E, mesmo imersas num múltiplo banal de rostos iguais, elas me transportam..

como alguém disse sem dizer,
homenagem bonita.. acabei de conhecer o seu michael.

=)

Euzer Lopes disse...

Lendo seu texto, lembrei de uma música de Gil (se não me engano) que é mais ou menos assim:

"Bob Marley morreu, porque além de negro era judeu. Michael Jackson 'AINDA' resiste, porque além de branco ficou triste"

Repare o "AINDA" na letra.

Fê, disse...

simplesmente perfect!
não tenho palavras pra descrever o que é teu dom de escrever. ♥

RACHEL disse...

Linda homenagem... Chorei

Marton Olympio disse...

Este texto ficou muito bom.
Este e o abaixo.
Dá vontade até de roubar o mote :)

Isadora. disse...

Adoreeeeeeeeeeeei *-*

Michell Macedo disse...

uito bom os textos, não só este mas os outros também !! parabens !!

Leo Pinheiro disse...

Se me permite a redundância enfática; talvez nenhum de seus versos sejam tão controversos quanto os que verson sobre vida, obra e morte desse ícone, que continua chocando o mundo mesmo depois de sua morte.

P.S.: Há muito vc não aparece lá no meu blog!

Comente por lá... Abç, Leo Pinheiro

Avassaladoras Rio disse...

Querido amigo avassalador... para mim,mais bizarro que as manias e fobias de jackson são as atitudes de seus familiares e fãs... só falta agora roubarem o corpo de jackson e venderem em pedaços.. ou quem sabe apareça no You tube um video da necropsia de Michael.. Eta vidinha infeliz e morte mais ainda!!!

JaCoNa disse...

Amei o texto!
O Michael era uma alma incompreendida. Um homem de talento extraordinário que trouxe alegria a vida de mtas pessoas atrvés de arte, e isso a morte não pode apagar! Que descanse em paz!

p.s.: ADOREIIIIIIIIIIIIIIIIII seu texto! Vc eh ótimo, moço! Parabéns ;)

Rodrigo Selback disse...

Condenem ou não falem o que quiserem Se ele fez A ou B agora já não importa o que fica é o legado

Pobre esponja disse...

O legal é que ele, mesmo sem querer (pq o fez por vaidade), mostrou que a questão de pele é uma grande bobagem (não para a saúde, mas para a moral discriminatória dominante)

abç
Pobre Esponja

Dica disse...

Um luxo, o texto!

kikinhah disse...

Olá... obrigada pela visita em meu blog. olte sempre viu? ;)
Qt a sua postagem...
MJ vai ser lembrado sempre com muito carinho pelos seus fãs.
Um grande artista nunca morre, apenas adormece.
Sucesso com seu blog.
BjOs^^

kbritovb disse...

legal essa homenagem os bonequinhos então são show

renata menezes disse...

o cara tinha um talento único :)

Igor Amorim. disse...

O rei nunca morrerá e permanecerá vivo para sempre nas nossas memórias e no nosso coração.
ele era muito gênio..

http://semfronteiraas.blogspot.com/
passa depois (:

Igor Amorim. disse...

aah, gostei mesmo do seu blog.
seguindo já (:

flws

LReporta disse...

Bom texto.

Embora eu não seja fã dele, o texto faz jus.

FábioE§¢orpïão disse...

Muito bonito!

Uma rara homenagem não-piegas: e parece ser quase impossível driblar a pieguice quando se fala de alguém que acaba de morrer.

Por coincidência (ou não) também acabo de publicar algo "inspirado" no grande astro.

Em outro estilo, evidente.


Abraço!

Newton Flamarion disse...

não sou muito fa mas eu achei o text bacana nao podemos negar o cara fez sua historia na musica internacional

Rogerio disse...

bela homenagem ao rei do pop...sempre ficara nas nossas lembranças...

Carlos Vin disse...

Cara, que texto fantastico é esse...
O texto foi a altura da genialidade artistica de Michael Jackson...
O cara foi um grande genio, virou mito, ja era historia e sacramentou isso... Infelizmente se foi...

Um grande abraço!!

|==Adonai==| disse...

BELA HOMEGANEM AO IDOLO DO POP!
MUITO BONITO!

www.locajogos.blogspot.com

Lucille disse...

maravilhoso!! Michael fez a felicidade de muita gente, inclusive a minha! parabéns pela criatividade, e pelo dom!
Luci

30 e poucos anos. disse...

Foi realmente para a terra do sempre ... ótima homenagem

Blog da Satine disse...

linda e justa homenagem a quem podia estar vivo, se tivesse ficado pobre, preto e feio...infelizmente nao foi assim.

john disse...

Realmente uma bela homenagem, citando justamente elementos que influíram na formação do "astro" que faleceu em decadência, talvez nem por culpa dele, agora sabe o que me incomoda nessa história toda, é ver a mídia e outros exploradores ganhando dinheiro e publicidade em cima de um cara que a dois meses atrás era na visão deles um "astro-decadente-pedófilo-maluco", hoje, para vender camisas, bonés, e cds ele é o astro incompreendido e senhor do moon walk.tenho nojo desses urubus que venderiam a mãe por um dólar e eles realmente me incomodam.
abraço

RE: Alan, quanto às divagações

Com certeza meu amigo, a qualidade vem primordialmente, e eu tenho dado sorte, pois percebi que tenho um grupo de leitores que realmente interagem com as divagações e isso é muito bom.
Quanto a não querer ser “mais um” acho que não é uma característica só sua ou minha, creio que todos que escrevem como nós, buscam esse reconhecimento.
Vc por exemplo escreve muito bem, e com certeza vai longe.
Abraço

Celamar Maione disse...

Viverá sempre,sim !
Michael foi o maior artista que já tivemos.
Versátil. Músico. Dançarino. Cantor.
Ele era especial. E por ser especial sofreu muito na terra.
Acabou sendo vítima da sensibilidade artística aflorada.
Bela homenagem, Alan!

Anônimo disse...

ótima postagem
excelente linha de conteudo

parabéns e sucesso!

Laura Gelbecke disse...

Fuck the press, Michael is the Best!!

Tiago Camilotti disse...

Usou muito bem as palavras. Qual quer coisa que eu tente dizer sobre MJ depois dos versos que eu li na postagem, é pura redundancia.

Seus textos, de forma generalizada, são bastantes inteligentes. Parabéns .;.;.;

:) disse...

Noossa.
eu chorei agora, juro por Deus =/
De todas as noticias e imagens. de todas as palavras ouvidas e gritadas.
essas foram, sem dúvida, as que mais fundo penetraram no meu coração.


bjão.
to seguindo ^^

Anônimo disse...

maravilhosa o seu poema p/ esse ser que foi tão ridicularisado por milhoes de pessoas,ele merece com certeza.que onde ele estiver esteja na compaixão e amor de deus pois era uma pessoa rica de conhecimento, e alem de tudo era humano assim como nos ,que tambem cometemos muitos erros e muitos acertos.mj te amo

Gustavo Hermes Soares disse...

Genial... adoro seus jogos de palavra.
Tem ritmo, estilo!