sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Quem tem, tem... Quem não tem, tempo.



PROSA

Desafiei o Tio Sam, pouco era meu tio... Chamei-o pelo nome com a formalidade de um desconhecido: - Sr. Samuel, que apelido para um cara de barba e cabelos brancos não pega bem. O que não pegou também foi seu slogan, pelo menos não pra mim. Não quis me alistar no seu exército e achei defeito na sua frase de efeito: "Tempo é dinheiro". Ora, quem tem dinheiro lá tem tempo? Quem tem muito de um geralmente tem pouco do outro. Indignei-me e remeti-lhe carta.

Pois é...


POESIA

No buraco do mundo moderno não se tem tempo
Não se tem tampa
Só se tem tumba
Quanto mais se vôa mais se afunda

Não se encontra
Se trampa e se tromba
Se esbarra por aí
Consome a si e some, se compra.

Não se posta, não se gosta
Não se mostra, só se aposta
Fast-food, fast-love
Festa!

Não se comenta
Não se fomenta
Não se fermenta
Não se comanda

Come-se a fome para não tê-la
Engole-se a seco, sem suco

Não se tem tempo
Não se tem. Tem?
Se tem, pô!
Se tem pó

Quem tem seda seduz
Sádico

Big-Ben no meu bolso
Relógio me pulsa
Ponteiros no meu passo batem
Cuco, cuca, caco...

Não se tem tempo porque quer se ter.





CRÔNICA

Cronus
Taylor
ônus
honorários
onerados
Nero
tiques
taques


PRESO

Roda-viva. A quem me diz que a estrada é longa cobro-me a resolver tudo na próxima curva. Traçar a trilha, trilhar o traço. Reto. Problemas são perpendiculares, particulares, recuos, escapes, boxes... Há um velho eu não grisalho. Inovo: há velas ao vento e velocidade. Existem marés. Não tenho todo o tempo. Bebo leite longa-vida em copo de plástico: pouco deteriora-se, longe vai. Dá-me mais um século que eu sou um só. Dá-me rugas só nos dedos, pêlos brancos ralos... Dá-me luz, oh Deus do Tempo.

8 comentários:

Renatta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
daniel barros disse...

Muito bom o Texto. Muito bom o blog.

abs.

Bruna disse...

amei a poesia.. é sua?
aushauhsa
gostei do tio sam haushausa
;**

Alan Salgueiro disse...

A poesia é minha sim, Bruna. E o Tio Sam, digamos, é meu tio bastardo... hahaha

Seja sempre bem-vinda!

Marcela Leitche disse...

Quanto mais se vôa mais se afunda
...
Come-se a fome para não tê-la

Amei!
Mto bom

bjobjoo

Karla Marrocos disse...

A marcela me mandou seu blog! Lerei aqui hein@
bejooos

Alan Salgueiro disse...

Sinta-se à vontade Karla, pode devorar sem moderação!

Roni SkyDiver disse...

Parabéns pelo blog, apesar de não ser minha área está muito bom