sexta-feira, 15 de maio de 2009

A Pandemia e o Pandemônio



E quem sabe dizer dessa vez o que comeu o porco mau? E o lobo homem, lobo bom? Bombom ou a bomba? Invertem-se os papéis quando há mais uma ideia mirabolante para aumentar o montante com a criação de um mutante resultante da antiética. Um monstro genético de potencializadas proteínas nos contamina, pois eles não aceitam uma mina a menos.
E o que andam fazendo nas fazendas? O gado de corte e a corte de patifes nos servindo bifes de bois que comem restos deles mesmos. Reações e rações de sobras de sangue e ossos, enquanto a gangue não mede esforços para torná-los canibais: 'animartificiais' de cartilagens e cartéis.



Se antes Darwin, hoje falhas hereditárias: um dálmata sem alma e sem pinta de repente tropeça num gato persa que virou tapete. Células de cédulas! Dólares de Dolly! E há mais um lote de filhotes de ovelhas velhas.
Artifícios para os galináceos: Luz em suas faces! Ovos, aves! Quando nunca é noite uma cloaca não empaca. Para a engorda e para a corda no pescoço e para o pacote pois o tempo é escasso.
A ira da natureza contrariada, extraviada: falta leite e sobram leitões, a fome difama. Nós como curió, geladeira como gaiola com só água e jiló e uma colher pra fazer farofa raspa a parede. Como se cantássemos uma paródia, como se clamássemos numa paróquia, embora aqui os cantam de galo se trajam de gala.



Suíno Homem, apresente-se: dirige de ré uma carreta de carré e não digere, não sabe o que acarreta. Dizimam os rebanhos como se pagassem dízimo ao criador. Enquanto matam os porcos nós contamos os corpos afetados: de Febre Aftosa, de Gripe A ou de quem vai piar quando pegar uma Gripe Aviária.
Porcos em suas pérolas, nas suas fuças de fossa, nos seus avanços e desavenças, atrás de suas máscaras elásticas da elite. Suíno Homem brinca de Deus e não percebe os retardos dos seus jogos de dardos.

61 comentários:

Renatta disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Dario disse...

Muito legal mesmo! o jeito que vc escreve realmente 'prende' o leitor a matéria, parabéns!

Rosemeire Polegato disse...

Acho que é isso. A ira da natureza contrariada, extraviada: falta leite e sobram leitões, a fome difama. Nós como curió, geladeira como gaiola com só água e jiló e uma colher pra fazer farofa raspa a parede. Como se cantássemos uma paródia, como se clamássemos numa paróquia, embora aqui os cantam de galo se trajam de gala.

É engraçado pque antigamente não se ouvia falar em gripe do frango, gripe do porco, gripe A,B,C,D etc. O homem brinca muito com a natureza e com a ciencia, não se pode esperar boa coisa mesmo. Bjs e mais uma vez mandou bem en cada palavra dita. Bjs

Duda disse...

Faz pensar...

Marcus Alencar disse...

Gostei da forma como relacionou a questão da gripe suína, fato de conhecimento mundial e preocupação idem, com a questão política e porque não histórica já que cita até Darwim da teoria da seleção natural das espécies, algo que o capitalismo selvagem faz tão bem.
Criativo e poético.

Regiane disse...

*-* eu tive um surto de sentimentos, é simplesmente perfeito

♪ Viíh disse...

• Parabééns pelo Blogger.
Adorei o jeitô en Q ocê posta . Prendê Qlqr un na frentê da teliinhâ ;)

E Obrigado por comentar no meu blogger . Volte senprê . E realmentê . A dor e a Pujança éé dura . Mas a cada diia Q passâ aprendo a lidar con o preço de ser diferente e te recomendo a ler estê livro . Perfeitô . naõ irá se arrepender!

Guiovan Coimbra de Oliveira disse...

COMO DISSE Thomas Hobbes O HOMEM É O LOBO DO HOMEM...
NESSE CASO O HOMEM É O PORCO DO HOMEM...

KKKKK

UMA PITADA DE HUMOR NESSES TEMPOS NÃO FAZ MAL A NIGUEM!!!!

ABRAÇOS!!!!

OTIMO BLOG!!!

Rafael Diaz disse...

Se expressou muito bem Nós homens, não percebemos mais, que cada atitude, afeta la na frente, afeta o amanha. Homens acham que podem fazer tudo, sendo que não conseguem nem pensar em consequencias.

Canto do Lufa disse...

Belo texto, vc escreve fazendo jogos com as paalvras!

gostei muito da foto que abre o blog que é de uma praia, achei a imagem tão forte que ouvi o barulho do mar!

Henry Barros disse...

muito bom cara, você tem uma ótima escrita crítica, gostei ^^

Roni SkyDiver disse...

E quem saiu ganhando milhões de dólares??? OS pobrezinhos dos laboratórios como Pfizer, Schering, Aché etc Nada me convence que não é esta máfia que planta novas doenças para vender seus remédios

Vulca*Girl disse...

gentil alan!!!!
obrigada sempre pelo prestígio
teus posts são sempre precisos!!!!

Rafa Amaral disse...

Na atual situação, da gripe que afronta o homem, é difícil reconhecer quem é o animal da história rsrs Muito bom o blog! Tenho um blog de cinema, venha conhecer: http://cinemasemtempo.blogspot.com

O grude disse...

Nossa adorei seu post, a maneira como voce escreve, com esse jogo de palavras, faz com que a leitura não se torne cansativa fazendo com que a pessoa leia até o fim.

Vou seguir o blog

--------------------------------

Não esquecendo, obrigado pelo comentário no meu blog e concordo plenamente com voce, o que tem que mudar é essa história de deputado votando em deputado, por como sempre não dá em nada. Pois como disse José Carlos Araújo, “O plenário muitas vezes acha que aquela pena é muito grave, mas, se fosse uma pena menor, votaria [pela condenação]. Como é a cassação que está em jogo, não aceitam a cassação”, ou seja os deputados mesmo vendo que os casos as vezes é para a cassação do mandato, eles acham que a pena é muito pesada e não os condenam.

Bloguei disse...

De muitos blogs que visitei hoje o seu foi o unico que lí todas as postagens. Fiquei maior tempão VIDRADO nos seus textos. Parabéns você tem um alto potencial.

Juliana Rodrigues disse...

Eu simplesmente me apaixonei pelas palavras. =x
Lembrou-me um pouco os trocadilhos do teatro mpagico...são perfeitos.
Adoro brincar com as palavras assim. Está de parabens.
E quanto a todo conteúdo:
Nossa capa maquinária é de ferro-pelíneo.Nada mais interessa a não ser a tal modernidade. oO
O homem se depara com sua fronte todos os dias e nem se quer percebe o mal que faz a si mesmo quando vomita suas palavras grossas.
A natureza é perfeita,e é humana.Só está retribuindo com a mesma moeda o que o homem sempre faz.

;*

Juliana Rodrigues disse...

Háaa virei seguidora.

Carol Petry Matzenbacher disse...

Tuas palavras são geniais. Sério mesmo!

Muito obrigada pelo comentário no DeGaragem!
Quando quiser reaparecer, fica a vontade!
www.degaragem.com

Ah, e eu estou fazendo uma promoção bem interessante no Filhas da PUC. Pra conhecer, é só entrar no www.filhasdapuc.com

Beijo, Carol.

Celamar Maione disse...

Seu texto tem um ritmo excelente. Musicalidade.
Você brinca e joga com as palavras.
Li de um fôlego só !

É Alan....e o homem ainda fala em progresso. Triste realidade.

Tobias de Melo" disse...

Escreves como poucos.
Parabéns !

É a revolução da Natureza meu amigo,
ela nos foi dada para ser abrigo,
alimento ( frutos e vegetais ),
sem companheira ( animais ),
Não soubemos respeitar e valorizar isso,
agora ela mostra que maior e mais forte que nós.

Tsunamis, Pandemias, mudanças climáticas, terremotos, etc ...

Jota disse...

Pow, tu escreve bem pacas de verdade, post muit inteligente, gostei!


http://aceiteourecuse.blogspot.com/

Guiovan Coimbra de Oliveira disse...

HORA HORA CÁ ESTOU EU NOVAMENTE!!!!

COMO DISSE ANTES SEU HUMOR É ESCATOLOGICO NÃO É MESMO APURADISSIMO PARA OS ULTIMOS LANÇAMENTOS DO MOMENTO...
ISSO AI VAMO PRESSIONAR ESSE PESSOAL DO CONGRESSO COM HUMOR TAMBÉM...

OTIMA SEMANA!!!

Rogerio Martins disse...

Interessante jogo de palavras. Merece ser lido algumas vezes para digerir tudo...

Rafael Portillo disse...

Heh, muito bom, cara. Muito diferente do que eu estou acostumado a ler. Texto muito inteligente, e razoavelmente bem escrito. Parabens mais uma vez!

Nathália disse...

excelente seu post!
e vai entender esse bicho homem, né?
e quem leva a culpa é o pobre do porquinho! =)

º°● Piter disse...

Perfeito, como tem sido sempre seus textos. E leio, e paro, e rimo, e vejo poesia, literatura, critica, grito, ameaça e protesto. Em poucas linhas, em muitas palavras.



Obrigado pelo coments Dr!!!

És sempre bem vindo no meu blog. Sempre!

Forlly disse...

ai, é tão cool ver esas postagens poéticas que para falar sobre atualidade;
Agora ninguem tira da minha cabeça de a Influenza A [H1N1] foi criada em laboratório pelos EUA wow

Inez disse...

Muito bom, um grito de revolta pela destruição da natureza.

Patrícia disse...

belo jogo de palavras,parabens!!!

Beto Uchôa disse...

Nossa mano vc escreve bem de mais, abordou os assuntos juntamente e com logica,
Parabens
Abraço

Nathany disse...

E será que mereces a minha repetida expressão de surpreendida por palavras e sons que se amarram para sempre compor belos arranjos literários? 'Tu escreve demais! Novidade?

suíno homem, lambuza-se com seus restos e não demonstra interesse em tomar banho, permanece afogando-se na lama..

Dagmar disse...

Cara, vc foi abençãodo com o dom da palavra escrita....Parabéns, em época de gripe suína, vc escreveu maravilhosamente...O dito "homem" brinca realmente de Deus...

Renata Bertolini disse...

Crítica muito bem feita e de uma forma muito criativa! Muito legais seus textos! Obrigada por passar no meu blog!

Tatinha Rodrigues disse...

Muito bom, você escreve muito bem.
Os homens estão cada vez mais desumanos...

ViVIH disse...

uns dos melhores port que vi !!
parabens !!!

beijos !
voltarei sempre !!

Valci Pessoa disse...

Já estava com saudade destes versos controversos..
Como sempre, muito bom;

Bella Girl disse...

"A q se faz, a q se paga" É a ira da natureza!!!!!! E o ataque do porco. rsrsrsrs

Everaldo Ygor disse...

E os porcos, tem hoje o nome de nossa nobre e globalizada gripe...
E os humanos criando sempre mais um inimigo oculto.
Abraços
Everaldo Ygor

Robson disse...

Cara fazia tempo que uma leitura em um blog me chamase tanta atençao como esse seu texo


show
sw bola

Bruno R.Ramos disse...

PArabéns pelo projeto. É uma iniciativa brilhante a de vocês.
Sucesso!

Gustavo Hermes Soares disse...

Se algum dia eu precisar fazer algum trabalho sobre ética da biomedicina [e sei que vou] já sei onde procurar inspiração! hehehe

Lembrei de
O homem é o lobo do homem

Adorei teu blog...
Vou add nos meus links, ok?

Gregory Vancher disse...

Muito bem feito o texto.
Nunca havia visto uma mescla de prosa, poética, reflexão crítica e humor tão genial.
Parabéns!

Anônimo disse...

Oi, demorei pra postar, mas cheguei. Enfim, seu texto é legal mesmo, vc vai fundo na superficialidade humana. A ganância, meu amigo, é o motivo de todas as coisas, é o que move o homem e o que o destrói. Realmente pensamos se esse virus não foi criado por alguém, por 15 minutos de audiência, se foi a natureza mesmo brincando com as nossas brincadeira biológicas....

Anônimo disse...

Postei como anônimo, mas aí vai meu blog: http://desculpeoau.blogspot.com/

Meninos Tinindo disse...

=O

Sem palavras, man.

é hora de refletir.

http://meninostinindo.blogspot.com/

The Dreamer in the Sky with Diamonds disse...

com certeza um dos melhores blogs que já encontrei!
seguindo a partir de agora...
parabéns!

BoY Dan ;D disse...

COMO DISSE Thomas Hobbes O HOMEM É O LOBO DO HOMEM...
NESSE CASO O HOMEM É O PORCO DO HOMEM... [2]
kkkkk uhsahusahusauas

nomependente disse...

UAAAU!!!
QUE TEXTO FANTÁSTICO,MUITO BOM MESMO PARÁBENS!!!

PCN disse...

Impressionante sua forma de escrever, parabéns!
E cara, sua última frase disse tudo: "Suíno Homem brinca de Deus e não percebe os retardos dos seus jogos de dardos."

Cada ação tem uma reação, então se queremos ganhar algo, temos de dar algo em troca... Ou seja, se avançamos por um lado, regredimos em outro!

Belo blog!
http://papeisriscados.blogspot.com/

Katia disse...

Caramba impressionante sua forma de escrever com contradições e oposições de palavras, to sem palavras , sua forma de escrever faz pensar e aja cabeça boa para entender tudo que queres dizer :D

abrçss e sucesso!!

Miss Sally disse...

TÔ CHOCADA.
VOCÊ ESCREVE MUITO BEM !
ME ENSINA A ESCREVER ASSIM ;)
BEIJOS&BEIJOS

Kenia disse...

Haha muito legal teu ponto de vista! e essas imagens! São demais!

Bella disse...

Talvez, algum dia, o homem perceba que não pode ser maior que Deus e a natureza. Talvez um dia ele aprenda a construir progresso sem destruir vidas. Talvez ainda haja tempo.
Definitivamente...sou tua fã.

E a borrboleta voltou a voar ;)

Beijão

Paloma Piragibe - PP; doisP; doisps disse...

Cara, Bom é pouco!
Seu talento é sensacional!
Adorei e te vejo longe! Criatividade... Muitos lugares precisam...
Nesse mundinho capitalista selvagem desejo que você ganhe muito dinheiro (necessidade) com o que faz bem e muito bem!
Aquele Abraço e quero mais tempo pra passar sempre!

www.doisps.blogspot.com

Suellen Nara disse...

Você parece um rádio falando sem parar e não se sabe onde desliga. (rsrs)
Uma coisa puxa outra e não se sabe onde vai parar.
Sua forma de escrever, faz refletir sobre várias coisas ao mesmo tempo.
Gosto muito.
Parabéns.

Bruna disse...

=*
otimoo

Edilaine disse...

Vc realmente escreve bem sobre a realidade com belas rimas!!!

Pobre esponja disse...

Ficou diferente, legal. Também sou poeta e falo de coração, ficou muito bom.

abç
Pobre esponja

Wanessa Lins disse...

É detalhe que mesmo sem culpa nenhuma dos porcos, muitos foram sacrificados =/
Já pensou se por cada pessoa doente se fosse morta por medo de algum contagio... bem seria algo terrivel.


;**

LETÍCIA CASTRO disse...

Vc tb já se deu conta que o ritmo que imprime lembra um pouco letra de música, né?

Menino, publica um livro e divulga isso! ; )

Adorei isso aqui: "'animartificiais' de cartilagens e cartéis."

Parabéns!

Beijos!